01 agosto, 2011


Ah! Tudo bem...
Antes meus pés pareciam estar fixo,
pesado e enterrado no chão,
e agora eis que a força da gravidade me rejeita.
A força da gravidade dispensa minha matéria, solta-me no ar, no espaço.
Sensação de leveza, de quem se livra da bagagem na subida de uma montanha.
Sensação de não ter nada, mas estar preenchida com tudo.
Dispenso, então, com agrado, a gravidade que me prende, se é pra sentir essa energia que em mim se expande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário