20 dezembro, 2011


E na estrada da vida, eu só preciso que alguém esteja lá, pra me ajudar à seguir em frente, à sair dos buracos e subir nas partes baixas.

Afinal O que é o Amor?


Afinal O que é o Amor?
Eu poderia passar horas descrevendo cada mínimo detalhe, cada simples sinal do que viria a ser o amor. O amor é mais do que isso, mais do que palavras bonitas. O amor está em todas as coisas, até mesmo nos clichês, nos contos de fadas que fomos acostumados a ouvir desde a infância. Há pessoas que pensam que amar é estar junto 24h por dia, e não deixa de ser. Mas a palavra amor se expande, é muito mais ampla do que se pode imaginar. Só quem viveu ou vive um amor sabe o que ele é. Amar não é jurar amor eterno, sem intenção de cumpri-lo. O amor é um sentimento que só cresce, até mesmo com a distância. É quando seu peito parece gritar, parece que vai explodir a qualquer momento por não agüentar mais encher-se desse sentimento. É quando percebemos que o amor não é feito apenas de alegrias e que a gente ama de verdade quando está disposto a enfrentar tudo e qualquer coisa pela outra pessoa, é quando se está disposto a abrir mão da própria felicidade em troca da felicidade do outro. É quando os dois passam horas conversando sobre cada simples acontecimento do dia, quando planejam envelhecer juntos - ter uma casinha simples e aconchegante esperando ansiosamente para quando os filhos e netos venham visitá-los no verão - enquanto caminham de mãos dadas e, quando percebem, já caminharam por horas, mas parecem ter sido apenas segundos. É quando o tempo voa enquanto estão juntos e parece se arrastar quando estão separados. Quando não há cobrança, há respeito e admiração por quem o outro é e por quem se torna ao lado dessa pessoa. É quando nada mais importa, pois um pertence ao outro. E só Isso Basta ...

Afinal O que é o Amor?
Eu poderia passar horas descrevendo cada mínimo detalhe, cada simples sinal do que viria a ser o amor. O amor é mais do que isso, mais do que palavras bonitas. O amor está em todas as coisas, até mesmo nos clichês, nos contos de fadas que fomos acostumados a ouvir desde a infância. Há pessoas que pensam que amar é estar junto 24h por dia, e não deixa de ser. Mas a palavra amor se expande, é muito mais ampla do que se pode imaginar. Só quem viveu ou vive um amor sabe o que ele é. Amar não é jurar amor eterno, sem intenção de cumpri-lo. O amor é um sentimento que só cresce, até mesmo com a distância. É quando seu peito parece gritar, parece que vai explodir a qualquer momento por não agüentar mais encher-se desse sentimento. É quando percebemos que o amor não é feito apenas de alegrias e que a gente ama de verdade quando está disposto a enfrentar tudo e qualquer coisa pela outra pessoa, é quando se está disposto a abrir mão da própria felicidade em troca da felicidade do outro. É quando os dois passam horas conversando sobre cada simples acontecimento do dia, quando planejam envelhecer juntos - ter uma casinha simples e aconchegante esperando ansiosamente para quando os filhos e netos venham visitá-los no verão - enquanto caminham de mãos dadas e, quando percebem, já caminharam por horas, mas parecem ter sido apenas segundos. É quando o tempo voa enquanto estão juntos e parece se arrastar quando estão separados. Quando não há cobrança, há respeito e admiração por quem o outro é e por quem se torna ao lado dessa pessoa. É quando nada mais importa, pois um pertence ao outro. E só Isso Basta ...